Sociedade Civil no Conselho Nacional de Meio Ambiente

08/03/2018

A Ponto Terra participou da última reunião plenária do CONAMA – Conselho Nacional de Meio Ambiente, no dia 28 de fevereiro, na sede do Ibama, em Brasília.

Como uma das ONGs ambientalistas representantes da sociedade civil no Conama, a Ponto Terra esteve ainda na reunião preparatória das entidades de trabalhadores e da sociedade civil, ao lado da Renctas, Gebio, Furpa, Fundação Zoobotânica, Mira-Serra, entre outras.

Foram aprovadas duas resoluções na reunião. A primeira define os padrões de marcação de animais da fauna silvestre nativa, em razão do uso e manejo. Outra norma aprovada revê procedimentos relacionados às indústrias consumidoras ou transformadoras de produtos e subprodutos florestais madeireiros. Saiba mais aqui.

O ministro Sarney Filho, que preside o Conselho, solicitou aos membros do colegiado que reforcem a atenção dada aos recursos hídricos no país.  Ele destacou a importância do 8º Fórum Mundial da Água, que será realizado na capital entre os dias 18 e 23 de março, em um momento em que a crise hídrica afetou a vida da população das regiões Centro-Oeste e Sudeste.

“Pode-se afirmar, sem alarmismo, e considerando a ameaça da mudança do clima, que esse é hoje um tema de segurança nacional”, afirmou o ministro, ao destacar a água como a agenda prioritária em todo o mundo.

Ronaldo Vasconcellos, presidente da Ponto Terra, na plenária da 128ª Reunião do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA, Brasília, 28/02/2018.

Fonte: Ascom MMA